quinta-feira, 17 de março de 2016

Terceiro Pedal das Mulheres comemora antecipadamente a data interncional do Dia das Mulheres

Mais um ano a iniciativa do Rio das Ostras Convention & Visitors Bureau monta convite para uma pedalada em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.


Manhã do dia 6 de março, domingo que antecede o Dia Internacional da Mulher, crianças,adolescentes, jovens, mulheres e homens reuniram-se para confraternizar e pedalar, lembrando a data comemorativa do dia 8.
"Pelo terceiro ano estamos participando, mesmo que de forma singela, uma ação que é muito importante no calendário anual. As mulheres lutaram pelo espaço de igualdade na sociedade e conquistaram. A bicicleta seguiu essa história e assim como a mulher, representa a modernidade e a conquista de espaço", comentou Eduardo Almeida, da BikeRO, responsável pela organização da pedalada.
O trajeto de aproximadamente 14km tem, todos os anos, ponto de partida na Lagoa de Iriry, passando pela Praia de Costazul, seguindo pela lateral do Rio das Ostras, passando pela Boca da Barra, Praia do Centro até a pedra da Praia da Tartaruga. O retorno é pelo mesmo trajeto. A pedalada conta com carro de apoio para auxiliar em casos de problemas mecânicos ou alguma necessidade de apoio a ciclistas.
Após o retorno à Lagoa de Iriry, os pedalantes cadastrados participaram de sorteio de brindes oferecidos por apoiadores do movimento.
A presidente do Rio das Ostras Convention & Visitors Bureau, Paula Meireles, ressalta que "foi uma brincadeira que surgiu na rede social da instituição e ganhou força. Hoje é realizada todos os anos e também serve para estimular a prática esportiva, para nós mulheres. A bicicleta é um excelente equipamento e veículo para manter um corpo saudável, que é a grande busca feminina da atualidade".






quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Desafio dos 200

Desafio individual de 200km nasceu em Vieiras, MG, 
movimentando 29 cidades de 5 estados


Percorrendo trilhas e estradas de chão, com poucos trechos asfaltados, participantes usavam sistemas de GPS para gerar arquivos, analisados por um moderador, para validar o “Desafio Individual por Traçado”, modalidade que está sendo praticada em todo o mundo.

A pequena cidade Vieiras, em Minas Gerais, de aproximadamente 4000 habitantes, fica cravada na base da serra que compõe o complexo do Pico da Bandeira. Local com diversas trilhas em montanhas, com inclinações que dão muito trabalho para quem quer subi-las de bicicletas ‘mountain bike’. Guenael Dornelas é local, professor e há 4 anos tem se dedicado ao ‘mountain bike’, incentivando pessoas para aderirem ao esporte. “Comecei a pedalar depois de um acidente de carro, onde fraturei a perna, o tornozelo em dois lugares, e com isso não podia mais correr, pois era o que fazia antes. A região é o verdadeiro paraíso para o ‘mountain bike’, lugares fantásticos onde temos o esporte na essência“, disse Dornelas.
Adepto de um aplicativo de treinamento que utiliza dados georreferenciados, que marca os locais e a velocidade que o ciclista percorreu, observou que todos os meses são lançados desafios para serem cumpridos diretamente no aplicativo. “Os desafios são basedos no ciclismo de estrada, e eu ficava meio com raiva disso. Aconteceu o Audax em Itaperuna, também focando o asfalto, e vi muita gente modificando suas ‘mountain bikes’ para participar, aí disse que faria os 200 km do Audax, só que na estrada de chão”. Com essa ideia em mente, resolveu criar o Desafio dos 200 e foi o moderador, analisando as atividades de cada participante.
As inscrições foram abertas com o valor simbólico para ingresso, referente à produção da medalha. Para recebê-la foi necessário cumprir o desafio dentro do mês de dezembro, tendo cada participante 24h para cumprir a meta de pedalar os 200km, utilizando pouco asfalto, onde cada traçado foi monitorado por imagens de satélite no sistema de treinamento. O trajeto não era fixo, podendo ser feito em qualquer lugar do Brasil, bastando obedecer as características informadas no regulamento.

 Paisagens das serras de Vieiras. Guenal em selfie com temporizador, durante atividade de Mountain Bike

Essa modalidade de desafio recebe o nome de “Desafio Individual por Traçado”, porém são mais comuns no ciclismo de estrada e adaptadas ao ‘mountain bike’.
Foram 129 inscritos de 29 cidades e estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal e Bahia. Desse total apenas 64 participantes completaram.
Assim como acontece no desafio gerado pelo aplicativo de treinamento, também houve situação de desclassificação, onde foi detectado o uso de veículo. “Eu analisava [as atividades] uma a uma, mais de uma vez, para verificar o percurso, se tinha muito asfalto ou não, assim como uso de outros meios que não fosse a bike para completar o percurso. Analisando a velocidade é possível detectar isso. E ocorreu. Tivemos atividades excluídas por uso de moto por exemplo”, disse Dornelas.
Os participantes receberam, além da medalha, certificado de conclusão.
A próxima edição contará com categorias especiais para premiar, por exemplo, o mais idoso e o mais novo a completar o Desafio dos 200.
As análises de moderação foram realizadas durante o mês de janeiro e primeira quinzena de fevereiro, quando os resultados foram divulgados. As novas inscrições serão abertas em maio.
 “O Desafio dos 200 veio para ficar. Aqueles que desejam superar seus limites, esse é o sentido. Um Desafio democrático, que visa unicamente o incentivo ao nosso esporte. Não é competição, é cooperação. Cada postagem de conclusão era uma grande alegria e todos ficavam felizes. Por mais que pareça loucura, pedalar 200 km de ‘mountain bike’ numa única atividade, faz valer o lema: Louco hoje, Lenda amanhã”, concluiu.
O Desafio dos 200 teve o apoio da Pedal Plus de Manhuaçu, para a impressão dos certificados de conclusão de cada participante.
Os ciclistas que quiserem participar do próximo desafio, devem procurar o grupo Guerreiros das Montanhas no Facebook.


Um dos participantes produziu um vídeo durante sua participação no Desafio dos 200. Para visualizar, acesse pelo link: https://vimeo.com/155187466 ou veja clicando no play,

Desafio dos 200 - Guerreiros das Montanhas from Eduardo Almeida on Vimeo.


Resultados do Desafio dos 200






Texto: Eduardo Almeida
Contribuição: Leo Lima

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Ciclistas de Rio das Ostras em mais um projeto com a prefeitura


Mais um projeto de ciclomobilidade começa a tomar forma em Rio das Ostras.
Nesta terça, representantes de grupos de ciclistas, reuniram na Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana, onde mais uma vez vão realizar um trabalho conjunto.
Dessa vez os ciclistas vão direcionar um projeto de sinalização viária, específica para o trânsito de bicicletas, visando regulamentar ciclovias, corrigir alguns trechos para a melhoria da segurança.
A sinalização cicloviária pode ser custeada com  verba de multa, que possui uma portaria que especifica os itens e serviços que podem ser adquiridos ou contratados.
Aqueles ciclistas que quiserem contribuir no projeto, com informações pontuais, que possam ser resolvidas com sinalização, devem procurar a Sectran para maiores informações.



Fotos: Rivail Gripp